12 histórias para se apaixonar pela Dramaturgia Coreana

por Mariana Guarilha

  • Lie to Me

lietome

Para não ficar mal em frente a antigos colegas de escola, a funcionária pública Gong Ah Jung acaba alimentando um mal entendido, e dando a entender que é casada com Hyun Ki Joon, um bem sucedido e rígido gerente de uma rede de hotéis de luxo. Com o aparecimento da ex noiva de  Ki Joon e de seu irmão mais novo e desgarrado da família, Ah Jung acaba conseguindo a participação de Ki Joon em uma crescente de mentiras e enganos, forjando uma paixão que não existe e caindo no próprio imbróglio. Quanto mais a situação ficava constrangedora, mais diversão eu tinha, os 16 episódios passaram em uns instante. Destaque para a cena de beijo com direito a banho de coca-cola.

  • Fated to love youFated-to-Love-You-Poster

Após uma noite de amor acidental, o herdeiro Lee Gun engravida Kim-Mi Young, uma moça sem muitas perspectivas na vida. Na família de Lee Gun, os homens tendem a morrer cedo, e por isso o fato de sua namorada adiar o casamento em prol de sua carreira de bailarina trás grandes preocupações. Quando a gravidez de Mi Young se torna conhecida, as famílias os obrigam a se casar. O drama tem 20 episódios e é um remake de uma produção de Taiwan,e apesar de preferir a versão original, Jang Na Ra e Yang Hyuk estão perfeitos como o casal de protagonistas, o que faz a versão coreana digna de nota.

 

masters-sun-official-poster-1

  • The Master´s Sun

Os absolutos de Joo Joong Won, um cético e ambicioso CEO são colocados a prova quando ele conhece Tae Gong Sil, uma mulher com sérios problemas de sonambulismo e aparentemente um tanto louca. Gong Sil se torna medium após um acontecimento traumático, e  a muito tempo é impedida de ter uma vida normal por conta dos fantasmas que a perseguem. Quando descobre que ao tocar no CEO  os fantasmas desaparecem, ela começa a se impor em sua vida, antes solitária. Apesar dos momentos um poucos sombrios, The Master´s Sun tem um humor muito próprio. Possui 17 episódios.

faith

  • Faith

 Yoo Eun Soo é uma cirurgiã plástica em Gangnam, mas sua vida muda drasticamente quando o soldado Choi Young, um viajante do tempo, a sequestra no meio de uma palestra e a leva para salvar a vida da rainha. Considerada por todos uma espécie de “anjo curador”, Eun Soo terá grandes desafios para sobreviver na Dinastia Goryeo. Faith possui 24 episódios, onde o figurino e a ambientação são uma atração a parte. Também gosto muito da forma como Eun Soo reage ao bonito guerreiro, com maneiras de um príncipe, ela passa quase todo o tempo referindo-se a ele como “psycho”, o que é compreensível, pois que mulher moderna não consideraria um psicopata um guerreiro e que sobrevive pelo fio de sua espada?

  • Empress Kiempresski

Foi sem dúvida o drama mais longo que eu assisti, com 51 capítulos, mas esta não é a única marca ocupada por Empress Ki, a fotografia grandiosa, e a riqueza de cenários e figurinos não fica a dever ao cinema, o que o faz inigualável. Goryo foi conquistada por Yuan, uma nação mais rica e com maior poderio bélico. Ki Seung Nyang é filha de um honrado general de Goryo,mas foi separada de sua família, e passa a viver com uma identidade masculina. Quando o fraco príncipe herdeiro de Yuan,  é exilado em Goryo, Nyang ocupa um lugar de confiança entre os homens de Wang Yoo, o rebelde rei de Goryo. Assistimos ao triângulo amoroso se formando, porém sabemos que o destino daquela mulher excepcional é se tornar a Imperatriz. Um épico perfeito, com atuações excelentes e um final agridoce.

  • BigBIG

Já é um clássico da comédia romântica utilizar-se do artifício de tornar literal a troca de corpos quando quer falar sobre empatia, sobre ver pela ótica do outro. Nessa comédia bem humorada  Gil Da Ran é uma simpática professora, com aparência bastante jovem. Empolgada com os preparativos de seu casamento, vive as voltas com o noivo Seo Yoon Jae, que não parece muito feliz com a aproximação do enlace. Quando Yoon Jae se envolve em um acidente com o estudante Kang Kyung Joon e salva a vida do mesmo, de maneira misteriosa seus corpos são trocados. O corpo de Kyung Joon permanece no hospital em coma, enquanto o adolescente anda com o corpo do médico por aí. O amor que nasce entre Kyung Joon e Da Ran é meio perturbador, por que apesar de estar vendo dois adultos em cena, muitas vezes ele age como criança. Tem 16 episódios.

  • Secret Garden443px-SecretGarden_extra2

Mais um drama que faz uso da clássica troca de corpos. Aliás, Secret Garden é um apanhado de clichês que milagrosamente funciona. Tem troca de corpos, romance entre mocinho rico e arrogante e mocinha pobre e esforçada, tem triângulo amoroso com um “Oppa” (honorífico coreano, indica respeito e carinho) mais carinhoso e com um comportamento muito melhor do que o do protagonista. Apesar de todos os lugares comuns, Secret Garden funciona graças as ótimas atuações do casal principal: Hyun BinHa Ji Won. Destaque para as cenas de ação de Ha Ji Won que são sempre excelentes.  Tem 20 episódios.

personal-taste_t24446_jpg_290x478_upscale_q90

  • Personal Taste

A dezainer de móveis Park Gae In vive em uma casa famosa na Coréia, e para ter acesso ao projeto da casa, o arquiteto Jeon Jin Ho finge ser gay para que possa alugar um quarto. Personal Taste tem um humor um tanto questionável, mas como trás um personagem gay retratado com muito respeito e sem recorrer a maneirismos estereotipados (o que nunca aconteceu na televisão brasileira), eu tendo a perdoar os excessos de caras e bocas dos “falsos-gays”. Lee Min Ho vale os 16 episódios.

 

 

  • The Moon that Embraces the Sunthemoontathembraces

Este drama possui duas fases distintas.Na primeira fase, o príncipe herdeiro e a filha de uma família proeminente da era Joseon se apaixonam. Passamos cinco episódios suspirando pela fofura do casal pueril, enquanto ele a ajuda a ganhar uma competição que seleciona a esposa para o herdeiro real. Porém, ao final das provas Yeon Woo é vítima das maquinações da avó do príncipe Lee Hwon. Na segunda fase, um tanto mais sombria, acompanhamos o jovem Lee Hwon, agora Rei ,lutando para lidar com uma rainha a quem não quer, e com as lembranças da única mulher que amou. Eu amo os atores mirins desse drama, e apesar de ter acompanhado a história com entusiasmo até o fim, sou perdidamente apaixonada pela primeira fase. The Moon that Embraces the Sun tem 20 capítulos.

  • Sunglyunkwan Scandalsungkyunkwan-scandal_

Se passa na era Joseon, onde para ajudar a família Kim Yoon Hee coloca vestes do irmão morto para comercializar resumos e livros para os alunos da universidade de Sunglyunkwan.  Na infância Youn Hee acompanhava escondida as lições do irmão, pois as mulheres não era permitido nem mesmo aprender a ler. Precisando desesperadamente de dinheiro, ela aceita fraudar o exame de admissão utilizando a identidade do irmão morto para passar as respostas para um aluno que não conhecia , ao se confundir acaba entregando seus planos a Lee Sun Joon .Dono de um rígido código de conduta, Sun Joon é filho de um homem importante, mas nunca aceitou vantagens oferecidas por ser de família privilegiada. Ao ver que Youn Hee possui talento e inteligência para ingressar a universidade, a convence a fazer a prova, ignorando no entanto sua verdadeira identidade. Apesar de não ter uma produção tão caprichada quanto os outros dramas de época citados, eu que adoro um gender-bender, amei cada momento dos vinte episódios de Sunglyunkwan Scandal.

  • Coffe Princecoffee-prince-poster

Mais um drama que pode ser classificado como gender-bender (quando um personagem se passa pelo gênero oposto, normalmente uma garota se passando por garoto).Precisando de dinheiro, Go Eun Chan se passa por garoto para trabalhar no Coffe Prince, um café que visando agradar o público feminino só tem em seu quadro de funcionários garotos bonitos. Quando seu chefe Han Kyul começa a se sentir atraído por ela e ela por ele, fica difícil saber como agir.O que mais me deixou suspirando nesse drama foi como a construção do amor entre os protagonistas realmente é construída através da amizade. Coffe Prince tem 17 episódios.

  • Emergency Coupleemergencycouple

Os protagonistas se casam durante a faculdade, porém o casamento não sobrevive as diferenças, as dificuldades e a falta de maturidade do casal. Quando se encontram para fazer a residência, o ambiente profissional impõe que eles estejam juntos e eles acabam se conhecendo melhor do outrora, quando casados. Amo este dorama porque gosto muito da ideia de que é possível se apaixonar novamente pela mesma pessoa, o ambiente do hospital somado ao foco na vida pessoal dos protagonistas me fez lembrar bastante da série americana  Grey´s Anatomy. Emergency Couple tem 21 episódios.

 

 

enjoy

Espero que apreciem!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s