Seduzida por um Guerreiro Escocês (Maya Banks)

por Mariana Guarilha 

seduzida.jpg

Eveline Armstrong sofreu um trágico acidente que a deixou incapaz de ouvir enquanto fugia de um casamento desastroso acordado por seu pai. Sua família, apesar de protegê-la e amá-la não entende bem a nova condição da filha. Todos acreditam que as sequelas do acidente a deixaram como uma criança, incapaz de cuidar de si,e Eveline com medo de um compromisso que a fizesse infeliz não fez nada para desmentir esses boatos.

Quando o Rei da Escócia, agora em paz com os ingleses, decide acabar com a rivalidade entre os clãs mais poderosos das terras altas, Eveline terá que enfrentar uma dura prova: casar-se com um Montgomery: o clã rival que foi responsável por várias mortes entre os seus. O rei acredita que tal casamento pode unir as duas famílias e acabar com anos de hostilidade.

Graeme Montgomery não recebe com tranquilidade a notícia sobre seu iminente casamento: casar-se com uma inválida e ainda por cima filha do homem que matou seu pai em batalha parecia quase impossível de aceitar, porém quando conhece a doce Eveline, compromete-se a fazer desse casamento de conveniência minimamente suportável a todos.

Decidi dar uma chance a história por que me encantei quando soube que a autora Maya Banks inspirou-se na condição do marido para escrever uma heroína deficiente auditiva, e a naturalidade com que ela trata a condição de Eveline é tocante: rapidamente as pessoas a sua volta aprendem a se comunicar com ela e acredito que isso venha da vivência da própria autora. Em contrapartida, me decepcionei um pouco por que as coisas acontecem de forma muito fácil: Eveline e Graeme se encantam um com o outro logo a primeira vista e parecem pessoas pouco reais diante de tanta beleza e virtude.

Apesar de Graeme ser descrito desde a capa do livro como um guerreiro rude, ele não fica a dever a nenhum lorde inglês em educação, e é extremamente delicado com sua amada, demonstrando a todos o apreço que tem por ela. Não é uma estória das mais inspiradas, porém para quem gosta de livros “água com açúcar”  e deseja somente suspirar a cada página sem nunca duvidar do destino dos amantes pode ser uma boa pedida.