Dez Coisas que Amo em Você (Ten Things I Love about You) Júlia Quinn

Dez Coisas Que Amo Sobre Você - Julia Quinnpor Mariana Guarilha 

No livro anterior eu já havia me apaixonado pelo distinto primo de Harry Valentine, Sebastian Grey. Sebastian é o herdeiro presumido do Conde de Newbury, porém entre ele e o condado está o desgosto do Conde que está disposto a se casar novamente só para que o sobrinho não seja seu herdeiro. 

Apesar de ter sessenta anos e estar levemente fora de forma, Newbury ainda é considerado um bom partido por ser Conde, e colocou seus olhos em Annabel Winston,  a mais velha de oito filhos que tem sobre si a responsabilidade de salvar sua família da ruína. A ideia de desposar um senhor de idade avançada não é nada atraente para Anabelle , porém ela tem uma natureza prática e está disposta a fazer o que precisa ser feito.

Com o iminente casamento de seu tio com uma garota de quadris largos o futuro de Sebastian não parece promissor, porém com 29 anos e uma ótima aparência, muitas mocinhas suspiram por ele pelos cantos. Todos se perguntam  como Grey se sustenta, já que não parece trabalhar. Porém , ele mantém uma personalidade e uma ocupação secretas.

Annabel Winston não é de forma alguma o par óbvio para o sonhador Sebastian, porém é impossível não torcer por eles, ainda mais diante do futuro pavoroso que a espera no casamento com o nojento Newbury.  Confesso , porém, que muito mais que o romance apresentado foi a revelação do mistério da segunda personalidade de Sebastian a parte que mais me encantou no livro.

Se você ainda não leu o livro e quer se surpreender com este mistério peço que não leia o restante da resenha. 

Em alguns livros anteriores eu já tinha sido apresentada a  Sarah Gorely,  a autora de romances góticos exageradas preferida de Lady Danbury.  No volume anterior da trilogia Belvestoke Aconteceu em Londres, fomos surpreendidos com uma ótima cena em que Grey faz uma leitura de um dos livros na casa de Olivia. Eu deveria ter percebido que a paixão de Sebastian pela obra era o genuíno orgulho do autor. Confesso que imaginei uma história paralela onde Sarah Gorely seria o par perfeito de Lady Whistledon, desparelhando dois dos casais mais amados de Júlia Quinn.

Olivia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s