Para sempre Cinderela (Ever After-1998)

por Mariana Guarilha Wallpaper-ever-after-32189707-1280-720

downloadO filme que foi um dos meus preferidos na adolescência, conta a história de Cinderela de uma maneira um pouco mais realista onde a fada madrinha é substituída por um personagem histórico e a magia é substituída pelo amor. Também a vilania da madrasta e sua filha mais velha é mostrada apenas como mesquinhez e falta de escrúpulos.

A história começa com uma descendente direta de Danielle de Barbarrat, a nossa Cinderela conversando com os irmãos Grimm e se dispondo a oferecer alguns detalhes, como prova de tudo aquilo que conta, ela mostra um sapatinho de vidro e conquista a atenção de seus interlocutores. Todos os elementos da história que conhecemos desde a infância estão presentes: Danielle dorme na beira da lareira, é tratada como criada pela madrasta e suas meio-irmãs , também há um baile em que o príncipe escolherá sua noiva, um sapatinho e um desencontro, porém as similaridades terminam por aí.

968full-ever-after--a-cinderella-story-screenshot

Drew Barrymore as Danielle De Barbarac in Ever After A Cinderella Story (1998).A começar pela personalidade de Danielle, ela não é apenas uma moça servil que desconhece a maldade das mulheres a sua volta, ela reconhece seu lugar de criada naquela casa  e só desafia sua posição social quando precisa salvar um velho plebeu, vítima da vilania de sua madrasta. Apesar de viver como criada e não gozar de nenhum luxo, o gosto pela leitura que foi cultivado pelo seu pai, faz com que Danielle seja culta e tenha uma vantagem diante da ignorância  das mulheres na sociedade.E apesar das intempéries que enfrentou quando o pai morreu rebaixando seu lugar na sociedade, Danielle conquistou certa liberdade com o descaso de sua “família”.

Para Sempre Cinderela - wallpaper

leodavinci1A Cinderela é apresentada a todos nós como uma jovem que sabe filosofia, consegue se defender e luta pelos mais fracos, e é isso que faz o príncipe se apaixonar, e não sua beleza como na versão Clássica. Nos primeiros encontros fica claro o quanto a jovem o desconcerta e o fascina e nada é dito sobre sua aparência, mas sobre sua personalidade.

Também Henry, o príncipe, é retratado de modo diferente: ele precisa da ajuda de sua heroína romântica para escapar a malfeitores, e também são os ideias da amada que lhe dão inspiração para ser um monarca melhor. A princípio ele demonstra defeitos claros, tendo preconceitos a respeito das classes subalternas e sendo manipulado pelos pais a realizar coisas que não gostaria.

Outro destaque, é a figura escolhida para ser o benfeitor do casal, ninguém menos que Leonardo da Vinci. O célebre personagem histórico é o responsável por dar a ideia de um grande baile para que o príncipe escolha a sua noiva e também pelo toque final no vestido de baile de Danielle: As asas da borboleta.

Durante muito anos, o vestido de Danielle no baile foi a imagem que eu guardei da Cinderella de Drew Barrymore. Outro destaque é a interpretação de Anjelica Huston,  com sua madrasta quase delicada demais para carregar tanta vilania.

breathe9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s