Agora e Sempre – Judith McNaught

agora e semprepor Mariana Guarilha

Victoria e Dorothy Seaton perderam seus pais em um acidente trágico. Como não lhes resta nenhum parente vivo na América, elas terão que atravessar o mar em busca de proteção no velho mundo. Por conta de desavenças do passado, elas não encontraram um lar juntas. A avó, uma assustadora aristocrata inglesa , aceita Dorothy sob sua proteção, mas prefere que Victória procure abrigo em outro lugar. Ela consegue a proteção de Charles,  um primo distante de sua mãe, e é assim que conhece Jason Fielding.

Jason é um homem atormentado por uma experiência dolorosa. Jason é filho bastardo de Charles e só o conheceu já adulto, quando esse foi buscá-lo na Índia após perceber que não teria herdeiros. Apesar de sentir-se rejeitado e de não precisar da ajuda do pai, é convencido a aceitar ser seu herdeiro por conta do futuro de seu único filho. Partiu para a Inglaterra com esposa e filho, e teve que enfrentar a deslealdade a a traição da mulher. Quando um amante a convence a fugir para o continente, ela leva seu filho. O navio em que estavam naufraga, deixando Jason com uma dor incurável.

Os dois poderiam ter se identificado, pois são dois forasteiros obrigados a assumir um lugar na alta sociedade inglesa depois de adultos, mas Jason encara a presença da jovem mulher como uma ameaça. E se não bastasse os seus sentimentos contraditórios, ele ainda se dá conta de que Charles anunciou um noivado entre eles. Mesmo para alguém que tivesse boas experiências com o casamento, talvez isso já fosse motivo para certo pânico, para ele é o gatilho para que trate Victoria como uma interesseira e uma impostora em sua vida.

Ainda que entenda que suas ações tem origem nos traumas do passado, eu não consegui desculpar o comportamento bruto deste protagonista, embora no final ele assuma como em todo livro do gênero cores mais suaves. Charles também é no mínimo temerário ao manipular os jovens de maneira descarada. Apesar do talento da autora para nos fazer ansiosos pela próxima página, é um livro onde é difícil se afeiçoar a maioria dos personagens e isso pode ser uma barreira para quem procura um romance para se apaixonar perdidamente.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s