The Magicians – Seriado Syfy

Por Patrícia Azuaga e Mariana Guarilha

alice, quentim e eliot

Comparação do livro com a série:

Paty – Li o livro simultaneamente com a série, apesar de fugir um pouco o diretor da série consegue ser ainda mais ousado. Porém, os dois se complementam. Ótimo elenco, figurino e ambientação, conquistou minha atenção semanal. Digno de maratona. A produção também está de parabéns.

Mary: Fiquei apaixonada pelo o livro por se ater a essa parte mais intimista e passarmos muito tempo dentro da cabeça do Quentyn, então quando assisti o piloto da série fiquei meio confusa com toda a ação. Mas não dá pra negar que a adaptação foi muito bem feita. Os núcleos que não estão nos livros, como o das bruxas Edge serviram maravilhosamente ao seu propósito e a produção não nos deixa muita chance pra apontar defeitos.

The-Magicians-4

 

Personagens :

yifs6

Eliot (Hale Appleman), Alice Quinn (Olivia Taylor Dudley), Quentin Coldwater (Jason Ralph), Julia Wicker (Stella Maeve), Penny (Arjun Gupta) e Margot Hanson (Summer Bishil)

Paty – Prefiro a Alice dos livros e o Penny (Arjun Gupta) da série, o resto dos personagens diria que são bem fiéis. Nesta 1° temp faltaram alguns personagens ou apareceram sem grande destaque, o que fiquei chateada. No episódio 12 da 1° temp apareceu Josh Hoberman  mas foi incluído de uma forma diferente do livro ao convívio com o elenco principal.

Mary: Realmente o personagem que mais senti mudanças foi o Penny, que nos livros é meio gordinho e tem um visual punk mais agressivo, além de ter surtos de raiva e problemas para controlar a agressividade. Porém gosto desse Penny mais competente e centrado da série, que mostra a que veio logo de início. Margot, Eliot, Quentyn e Alice para mim tem sido bem fiéis.

Fidelidade de cenário/ ambientação:

Paty- No meu ponto de vista ficaram faltando muitos detalhes em Brakebillis, como a praça com os animais que se modificam, o grande mar e a praça do treino de Balbúrdia. Brakebills do Sul foi passado muito superficialmente, porém deu uma boa idéia. Gostei de Terra Nula, as fontes, porém não gostei de tanta gente lá, de inimigos e faltaram os prédios. Entendo o orçamento reduzido de séries, porém Fillory ficou muito aquém do meu desejado e esperado, tinha que ser mais mágica, com mais detalhes e os personagens mágicos, vamos ver o que nos aguarda para a segunda temporada.

Mary: Entendo que algumas coisas que funcionaram nos livros poderiam não funcionar tão bem na tv. Gosto da forma como foi retratada Brakebills, apesar da falta de detalhamento sobre as aulas. Amo de paixão a casa dos “garotos da física”, apesar de entender que só quem leu os livros estaria tão ligado nos detalhes desse ambiente.

the-magicians-101-screencap_1200.0.0

O que ficou faltando:

Paty – focaram tanto no drama da Julia e em dar uma história a ela e ao triangulo amoroso do Quentin que alguns episódios ficaram resumidos, superficiais e meio perdidos, por isso o livro foi essencial como complementar, ou melhor dizendo o seriado ilustrou o livro. Até o episódio 12 desta 1° temporada não chegou ao final do 1 livro.Faltou um destaque maior para o torneio de Balbúrdia, perdeu toda a magia. Praça dos animais de folhagem que mudam de lugar.  A vida deles na Cidade e não na Universidade, o Penny morando na Van, coisas que seriam bacanas e pelo jeito foram abortadas.

Mary: Sinto muita falta do terceiro elemento dos garotos da física, ele conferia um equilíbrio para as loucuras de Margot e Eliot. Também queria um desenvolvimento mais detalhado do treinamento em Brakebills do Sul. Ao contrário da Paty, não senti tanta falta dos campos de Balbúdia ou da praça dos animais, talvez por que tinha lido o livro a já algum tempo e tenha desapegado. Gostei também que eles tenham permanecido em Brakebills, a fase em que eles estão formados na cidade se parece demais com a vida real para mim.

O que está esperando para a 2° temporada:

image1

Paty – Assim como o primeiro livro eu pretendo ler o segundo simultaneamente e torcer para lançarem logo o terceiro livro em português. Esperava o final como realmente ele foi, porque nos livros ele  foi surpreendente o bastante. Espero mais magia, mais truques, mais efeitos especiais.

Mary: Espero que a série me detenha um pouco mais de tempo em Brakebills do que o primeiro livro. Espero que eu tenha mais tempo antes que cheguem os tempos difíceis. Tenho mesmo muito receio de que Fillory não funcione retratada na televisão, mas ao mesmo tempo anseio por conferir que soluções eles darão para essa parte da história. Devo pegar o segundo livro em breve , a série tem me animado demais para isso.

Ultimo Capitulo da 1° temporada (13 episódios):

Paty: estou em choque no momento, o final do livro conseguiu ser milhões de vezes melhor e mais surpreendente, deveriam te-lo seguido a risca ao invés de se basearem bem de longe. No episódio 13 mais uma vez a imposição da personagem Julia acaba com a mágica dos magos de Breakbills.

Mary: Eu gostei de algumas escolhas para o término da temporada, apesar de reconhecer que eles estão se afastando demais da narrativa dos livros. Me ressinto por que algumas coisas eu realmente queria ver na tv, porém reconheço que adaptações drásticas seriam necessárias para que a história funcionasse. Só espero que não tenham a covardia de deixar de lado na próxima temporada alguns acontecimentos trágicos que apesar de doloridos são necessários a narrativa.

mag1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s